Palma e Santa Flora

 Palma (8º Distrito)
Sede da E. M. E. F. José Paim de Oliveira, tem como maioria da população sendo de origem Italiana. É o menor distrito em extensão com apenas 88 Km² de área. Sua economia esta ligada basicamente ao cultivo da soja, milho, arroz, batata inglesa; floricultura; gado de corte e gadoleiteiro. O cultivo de Arroz ocupa grande área no distrito, sendo responsável por muitos empregos diretos e indiretos na região. Cultivado em áreas planas, para um melhor aproveitamento da umidade dos cursos d’água próximos, a atividade é praticada com o uso de máquinas. Atividades como o cultivo de flores e o Turismo Rural apresentam-se como alternativas de setores lucrativos para a economia do distrito. Contudo, ainda é preciso muitos investimentos de infra-estrutura e incentivos governamentais para que estas atividades se concretizem como significativas fontes de rende a comunidade.
Entre os principais locais, temos: a Subprefeitura, Monumento Religioso, Igreja e as Estufas de Crisântemos. Suas localidades são: Vale dos Panos, Passo do Gato, Passo do Cachorro, Linha Sete Sul e Palmas. Palma faz divisa com Arroio Grande, Pains, Arroio do Só, além dos municípios de Silveira Martins e Restinga Seca. As principais vias de acesso ao Distrito são a RS 509 e as Estradas Municipais.

Santa Flora (9º Distrito)
Sede da E. M. E. F. Santa Flora – Escola Núcleo, Santa Flora nasceu com o nome de Colônia Vacacaí. A Lei Municipal Nº. 940 de 1961 cria o distrito de Colônia Vacacaí com o desmembramento das terras de Arroio do Só e Dilermando de Aguiar. Em 1962 a Lei Municipal Nº. 1037 dá nova denominação ao distrito passando a chamar-se Santa Flora. Segundo o IBGE desde 1970 a população urbana de Santa Flora esta se reduzindo, pois neste ano eram em torno de 4,19% e a população rural de 95,81%. No ano de 1991 a população urbana representava 1, 85% enquanto que a população rural 98,15% dos habitantes. A economia do distrito baseia-se no cultivo do milho, mandioca, soja, feijão, cebola, fumo; pesca; ovinos; gado de corte, gado leiteiro e eqüinos. A Estação de Piscicultura Toniollo, no período da Semana Santa, são comercializados aproximadamente 4000 kg de peixe para Santa Maria e região. A Zari Indústria de Arroz, criada em 1955, é também uma das geradoras de emprego e rende para o Distrito. Tornou-se uma das maiores do Rio Grande do Sul, atendendo a outros Estados brasileiros como, Distrito Federal, Mato Grosso e Rio de Janeiro.
Entre os principais locais temos: o Centro comunitário, a Subprefeitura, Igreja Santa Flora e a Estação de Psicultura. Suas localidades são: Ramada, Rincão dos Banhados, Carangueijo, Coxilha Bonita, Colônia Vacacaí, Colônia Favorita, Colônia Pinheiro, Colônia Pena, Colônia Pedro Carlos e Colônia Grápia. Santa Flora faz divisa com os distritos de Passo do verde, Pains, São Valentim e os municípios de Dilermando de Aguiar, São Gabriel e São Sepé. A BR 392 e Estradas Municipais são as vias de acesso ao Distrito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails