LENDA DO VENTO NORTE


Lenda do Vento Norte


Não há vento que mais "desnorteie" o santamariense que o próprio Vento NORTE. Quente e seco, suas rajadas já atingiram mais de 140km/h destelhando casas e cumprindo um ritual já conhecido dos habitantes do local, que nada tem a fazer senão esperá-lo durante três dias seguidos para depois deste sopre o Vento Minuano trazendo chuva.
Ademais, a sua forma de soprar "enlouquece" seus moradores. Há indícios fortes de que ocorre um maior número de crimes e demais problemas de ordem pública em seus dias de sopro, é a VIRAÇÃO que traz o vento!
Segundo algumas lendas indígenas, a origem do vento Norte data do período demarcatório português, próximo ao início do séc. XVII.
Um dos bandeirantes, sendo capturado pelos índios Tapes (vai ver foi aquele que sofreu a incumbência de avisar seu comandante sobre a morte de Rodrigues da lenda acima) foi amarrado em um lombo de um cavalo e solto em disparada para fora dos limites da tribo.
Longe dali, aonde hoje estão localizados os Moinhos Ipiranga (ou Supermercado Bela Vista) o bandeirante rogou uma praga ao local, daquele dia em diante nunca mais viveriam em paz, pois seriam atormentados, frequentemente, por um vento quente, insuportável, que retiraria a tranquilidade do local.
Dando assim origem ao Vento Norte.

Um comentário:

  1. Se quiser entender cientificamente a formação do vento norte recomendo dois livros da autora Maria da Graça, doutora em Climatolocia da UFSM. Mais informaçõs sobre os livros na página
    https://climaepercepcao.wordpress.com

    ResponderExcluir

Related Posts with Thumbnails